Competências transformadoras

As competências transformadoras são aquelas fundamentais para que crianças e jovens criem senso de responsabilidade pelo mundo e contribuam para torná-lo um lugar melhor.

Acreditamos que determinadas habilidades, como a empatia e a criatividade, podem e devem ser trabalhadas e aprendidas na escola. Elas são fundamentais para que crianças e jovens criem senso de responsabilidade pelo mundo e assumam um papel protagonista nas mudanças, renovações e cuidados demandados pelas diferentes realidades de hoje e de amanhã.

Ao delimitar a empatia, o trabalho em equipe, a criatividade e o protagonismo como as quatro competências-chave para enfrentar os desafios de nosso tempo, não pretendemos sugerir que sejam as únicas necessárias para promover uma educação capaz de formar sujeitos transformadores. Trata-se de um recorte que teve como base um estudo detalhado das estratégias e abordagens adotadas por mais de 700 empreendedores sociais cujas ações tiveram impacto positivo e relevante na construção de realidades mais justas e amigáveis.

EMPATIA

Capacidade de ouvir e acolher as ideias dos outros, assim como articular as próprias. Sair do “eu” para adentrar uma visão mais profunda de mundo, a partir do reconhecimento de novos (e diferentes) olhares, sendo capaz de se conectar de forma ativa e consciente com os sentimentos e as perspectivas dos outros.

TRABALHO DE EQUIPE

Capacidade de trabalhar em parceria, na diversidade, empreendendo ações conjuntas em prol de resultados comuns. Ser capaz de liderar de forma colaborativa, assumindo papéis diferentes e complementares.

CRIATIVIDADE

Capacidade de expressar-se por meio de diferentes linguagens e de criar soluções novas para os problemas identificados nos diferentes cenários e realidades. Para tanto, é preciso que se priorize a aprendizagem ativa e que se valorize a autoria e autonomia dos alunos e alunas.

PROTAGONISMO

Capacidade de tomar iniciativas em prol da transformação da realidade social, buscando o engajamento e a participação de seu entorno. Desenvolve-se a partir do despertar do pensamento crítico, que traz a consciência para os problemas à sua volta.

X