• Home
  • /Notícias
  • /Escolas Transformadoras e Secretaria da Bahia realizam 2ª jornada de educação transformadora
#encontros
Escolas Transformadoras e Secretaria da Bahia realizam 2ª jornada de educação transformadora

Escolas Transformadoras e Secretaria da Bahia realizam 2ª jornada de educação transformadora

Compartilhe

Em parceria com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, o programa Escolas Transformadoras promove jornada de educação transformadora com quase 200 coordenadores pedagógicos e diretores de escolas da Educação Profissional

Por Fernanda Peixoto Miranda

“Caminhante, não há caminho, se faz caminho ao andar”

Proferida pelo poeta espanhol Antonio Machado, a citação acima ilustra a atmosfera de diálogos e ideias presentes no primeiro dia de encontro da 2ª jornada de Educação Transformadora nos Territórios de Identidade da Bahia, iniciada nesta terça-feira (5), no Instituto Anísio Teixeira, em Salvador (BA).

Quase 200 coordenadores pedagógicos e diretores de escolas da Educação Profissional dos 27 núcleos territoriais de educação da Bahia participam desta jornada, que será realizada até quinta-feira (7) pelo programa Escolas Transformadoras em parceria com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Os encontros têm o intuito de fortalecer os projetos político-pedagógicos dos territórios e das instituições de ensino profissional do Estado na perspectiva de uma educação transformadora – pautada na caracterização e construção de identidades locais, no sentimento de pertencimento e intervenção positiva na comunidade.

É no diálogo, buscando soluções em conjunto e abrangendo toda a diversidade e a peculiaridade de seu próprio ambiente, que cada escola poderá trilhar um caminho positivo de transformação educacional. “Pensar em educação transformadora é promover uma mudança baseada nas forças locais. A educação só se fortalece a partir do momento em que o território é fortalecido”, disse Wendell Machado, diretor da Superintendência de Educação Profissional da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, em discurso que inaugurou o encontro. Para ele, a ampla participação de educadores nesta jornada ajuda a trazer à tona a complexidade do panorama educacional baiano, “representando bem as diferentes realidades e os desafios das escolas do Estado”.

Na cerimônia, Durval Libânio, superintendente da Educação Profissional da Bahia, defendeu que a transformação nos territórios educativos só é concebível quando verifica-se o acolhimento do outro e o respeito às especificidades de cada território. “Cada escola cria seu caminho, buscando sua vocação ali no seu local, junto à comunidade”.

Coordenadores e diretores de escolas da Bahia participam de jornada de educação

A esse respeito, o secretário da Educação da Bahia, Walter Pinheiro, lembrou que o caminho da transformação é insistente, e nunca será dado por encerrado: transformar a realidade é um fazer constante, que exige práticas cotidianas e em equipe. “A semente da transformação tem que ser plantada, mas, acima de tudo, precisa continuar sendo regada. E sempre em um ato coletivo. Na educação, não cabe a personalização da intervenção. Precisamos necessariamente do outro para adquirir conhecimento e desenvolver estratégicas”, disse.

As atividades deste primeiro dia ainda promoveram um intercâmbio de experiências entre escolas, que, embora em contextos e realidades distintas, apresentam desafios cotidianos comuns. Rafael Galvão, do IFPR – Campus Jacarezinho, e Sonia Dias, da Escola Comunitária Luiza Mahin, compartilharam os caminhos e desafios percorridos em suas unidades escolares.

Até o final desta jornada, a programação ainda contará com a presença de Helena Singer, diretora de Juventude da Ashoka; Cybele Amado, empreendedora social da Ashoka e fundadora do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP); Lázaro Cunha, empreendedor social da Ashoka, criador do Programa de Estímulo a Ciências para Afrodescendentes (OGUNTEC) e atual presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia; e Natacha Costa, diretora da Associação Cidade Escola Aprendiz.

Antes deste encontro, a jornada de educação no Estado da Bahia teve duas etapas. A primeira, realizada entre os dias 19 e 21 de setembro, trouxe a 45 coordenadores pedagógicos os conceitos de educação transformadora, inovação pedagógica e competências transformadoras, como empatia, protagonismo, trabalho em equipe e criatividade (saiba mais aqui). Na segunda etapa, representantes da Secretaria da Educação e coordenadores pedagógicos da Bahia participaram de imersões em três escolas de Educação Profissional reconhecidas pelo programa: o Instituto Federal do Paraná – Campus Jacarezinho, o Serviço de Tecnologia Alternativa (SERTA), em Pernambuco, e a Escola Estadual de Educação Profissional Alan Pinho Tabosa, no Ceará (saiba mais aqui).

Confira na galeria abaixo as imagens da 2ª jornada de Educação Transformadora nos Territórios de Identidade da Bahia:

2ª jornada de educação com a Secretaria da Educação da Bahia

Comentários

X