• Home
  • /Notícias
  • /Representantes das Escolas Transformadoras Amorim Lima e Equipe participam de campanha sobre igualdade de gênero
#DesafioDaIgualdade
Representantes das Escolas Transformadoras Amorim Lima e Equipe participam de campanha sobre igualdade de gênero

Representantes das Escolas Transformadoras Amorim Lima e Equipe participam de campanha sobre igualdade de gênero

Compartilhe

‘Desafio da Igualdade’, lançada pela Plan Internacional, da luz à importância de se promover a igualdade de gênero desde a infância.

Por Carolina Prestes

No final de 2016, a Plan International Brasil lançou a campanha #DesafioDaIgualdade. O evento aconteceu em São Paulo, e contou com a apresentação dos materiais textuais e audiovisuais da campanha e também uma roda de conversa sobre o que é possível fazer pela igualdade de gênero na infância.

Em pleno século 21, ainda tratamos meninos e meninas de modo desigual. Precisamos mudar essa realidade juntos, questionando nossos hábitos, mudando nossos comportamentos e educando nossas crianças para a igualdade. Em casa, na escola, entre amigos, em todo lugar. Todos têm um papel importante. Por isso, o mote central da campanha chama à ação: “O que você pode fazer pela igualdade de gênero na infância?

Os materiais da campanha são resultado de uma co-criação entre pessoas comprometidas com o tema. Participaram desta construção artistas, pesquisadores, ativistas da causa, representantes de ONGs e do poder público e também educadores que estão nas escolas. Ana Elisa Ciqueira, diretora da EMEF Desembargador Amorim Lima, e Luana Almeida, professora do Colégio Equipe, contribuíram para a construção dos argumentos da campanha. Ambas fazem parte da rede de Escolas Transformadoras do Brasil e estão comprometidas em pensar caminhos para a promoção da igualdade de gênero, por meio de ações que valorizem a empatia e o respeito nas relações.

A Escola Amorim Lima, por exemplo, organiza, anualmente, a ‘Semana Gênero e Educação’, oportunidade em que discute, envolvendo toda a comunidade escolar, a importância de se garantir uma sociedade em que meninos e meninas tenham assegurados os seus direitos e possam viver de maneira igualitária. Ana Elisa afirma que abrir espaço para a discussão é fundamental, pois os estudantes trazem questões relacionadas ao gênero no dia a dia: “É muito importante que os educadores estejam atentos para perceber quais são as demandas que as crianças estão trazendo”.

Luana Almeida, do Colégio Equipe, também afirma que tenta, diariamente, trabalhar o tema com seus alunos e alunas: “O machismo é sempre prejudicial. A questão dos papeis e dos lugares é um grande desafio a ser trabalhado. Já estão cristalizados. A escola precisa quebrar essa lógica”.

Confira o vídeo da campanha #DesafioDaIgualdade


Como produto da campanha, construiu-se um kit de educação sobre gênero para crianças, cuidadores e educadores de todo o Brasil. No kit, há uma animação, uma websérie sobre igualdade de gênero com 5 capítulos, um caderno de exercícios para educadores, uma história em quadrinhos, hot site da campanha e um mini documentário relatando o processo de produção do kit.

O material pode ser acessado e baixado gratuitamente, aqui: http://desafiodaigualdade.org/

 

Comentários