Escola Amigos do Verde

Escola Amigos do Verde

Compartilhe

“Educar é um processo de transformação na convivência de todos os atores envolvidos e, se queremos que nossos meninos e meninas cresçam como seres autônomos no respeito por si mesmos e com consciência social, temos de conviver com eles respeitando-os e respeitando-nos na contínua criação de uma convivência na colaboração, a partir da confiança e do respeito mútuos.” – Dr. Humberto Maturana

Em 1984, nasceu a pré-escola Amiguinhos do Verde, com uma proposta totalmente inovadora — baseada em teóricos como Piaget, Freinet e Emília Ferreiro — e com o objetivo principal de desenvolver uma aprendizagem equilibrada entre as áreas cognitiva e afetiva. O grande diferencial da escola, na época, era a preocupação ecológica (visão ecocêntrica) quando a ecologia não era um tema emergente como nos dias atuais aliada à alimentação naturalista (caráter educativo).

A Amiguinhos do Verde cresceu e, em 1989, passou a oferecer também o Ensino Fundamental até a 4ª série, mudando o nome para “Escola de 1º Grau e Pré-Escola Amigos do Verde”.

Atualmente, a Escola Amigos do Verde, além da Educação Infantil, oferece do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, de acordo com as novas leis de educação. Registrada e autorizada pela Secretaria Estadual de Educação (SEC/RS), a escola tem seu Plano de Estudos e seu Projeto Pedagógico revisados anualmente de acordo com a legislação em vigor. O trabalho desenvolvido pela escola, sempre atualizado com as últimas pesquisas científicas, tem como referência teóricos como Edgar Morin, Humberto Maturana, Rafael Yus, entre outros.

Segundo Edgar Morin, “Educação deve contribuir para a autoformação da pessoa (ensinar a assumir a condição humana, ensinar a viver) e ensinar como se tornar cidadão. Um cidadão é definido, em uma democracia, por sua solidariedade e responsabilidade.” É a isso que o Ensino Fundamental da Amigos do Verde se propõe, a auxiliar o sujeito a desenvolver sua criticidade e responsabilidade social, respeitando as particularidades, diferenças e riquezas inerentes a cada um.

Comentários